Vulnerabilidade no Open SSL

openssl-logo

Sites em servidores que utilizam OpenSSL podem estar com a criptografia corrompida!
Informamos que foi identificada uma vulnerabilidade afetando todos os sites que utilizam Open SSL, biblioteca utilizada para emitir e implementar certificados nos servidores. A vulnerabilidade é chamada Heartbleed.

Quem está vulnerável?
Os principais servidores usando OpenSSL rodam em Apache e nginx, que são utilizados por 66% dos sites da Internet. Ainda existem muitos servidores de e-mail, chat e VPNs que podem estar vulneráveis. Portanto, essa é uma estimativa conservadora da porcentagem de serviços vulneráveis.
(Essa falha afeta certificados emitidos por todas as Autoridades Certificadoras)

Quais versões do OpenSSL (não) estão vulneráveis?

  • OpenSSL 1.0.1 até 1.0.1f (inclusive) ESTÃO vulneráveis
  • OpenSSL 1.0.1g NÃO está vulnerável
  • OpenSSL 1.0.0 branch NÃO está vulnerável
  • OpenSSL 0.9.8 branch NÃO está vulnerável

O que a vulnerabilidade permite?
Essa falha permite que as informações (supostamente protegidas e criptografadas) sejam visualizadas por terceiros. O Heartbleed compromete a secret key (que é utilizada para criptografar os dados), os nomes e senhas de usuários e o conteúdo que está sendo transferido.
Em suma, todos os dados transferidos entre o site e o computador do visitante poderão ser interceptados e visualizados por invasores, sem deixar qualquer rastro da atividade.


Sobre o Autor
Gabriel Novaes Engenheiro de Computação na dothCom.
Posts Relacionados
Comentários